A micoteca do CEMM

Histórico

            Segundo o banco de dados WFCC, são conhecidos 65 bancos de culturas microbianas no Brasil, os quais, em conjunto, são responsáveis pelo estoque de mais de 176.902 culturas. Na região Nordeste, apenas oito coleções são registradas, sendo seis no Estado do Pernambuco, uma no Estado do Rio Grande do Norte e uma no Estado do Ceará. O pequeno número de bancos de culturas no Nordeste brasileiro explica o registro escasso de espécies fúngicas na região. No Estado do Ceará, por exemplo, somente a coleção do Centro Especializado em Micologia Médica (CEMM) está cadastrada no WFCC (http://new.wfcc.info/ccinfo/index.php/collection/by_id/880). Esta coleção corresponde ao único banco de culturas da região nordeste, com foco primário em, patógenos humanos e animais obtidos diretamente de processos infecciosos, microbiota ou ainda do meio ambiente. Vale destacar que, embora esta coleção tenha sido concebida, em 1993, para o depósito de espécies fúngicas, desde 2004 vem mantendo também espécies bacterianas consideradas emergentes e/ou reemergentes de importância científica, como Burkholderia pseudomallei e KPCs. A partir do ano de 2000, em virtude do crescente número de microrganismos isolados, sentimos a necessidade de consolidar a nossa micoteca. Por conseguinte, em 2004, esta micoteca foi registrada junto ao WFCC.

 

Número de exemplares e conjunto de grupos taxonômicos que abrange

              Atualmente, a coleção de Culturas do CEMM mantém um acervo de mais de 2.000 cepas fúngicas e mais de 100 isolados bacterianos patogênicos. Dentre as cepas de fungos, há exemplares do Filo Ascomycota e Basidiomycota, com destaque para Coccidioides posadasii, Histoplasma capsulatum, Sporothrix spp., Cryptococcus spp., Candida spp., Trichosporon spp., Malassezia spp., dermatófitos, Aspergillus spp., Fusarium spp., dentre outros. Quanto às cepas bacterianas, há exemplares de Burkholderia pseudomallei, Burkholderia mallei,  Enterococcus spp., Streptococcus pyogenes, KPCs dentre outras. Aliado às nossas cepas, possuímos também exemplares ATCC (American Type Culture Collection), CBS (Centraalbureau voor Schimmelcultures) e IP (Institute Pasteur) de diferentes espécies de fungos e de bactérias. Nos últimos cinco anos, o CEMM iniciou também a formação de um banco de DNA microbiano.

 

 Banco de microrganismos

          Para acessar as cepas CEMM clique na barra abaixo em" Search on text..." e coloque o nome do microrganismo e/ou coloque o  número da amostra desejada e clique na lupa. Para ter acesso a uma amostra envie um e-mail para micoteca@cemm-ufc.org detalhando sua utilização.

 

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE AMOSTRAS

 

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE DEPÓSITO DE AMOSTRAS

 

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE IDENTIFICAÇÃO DE AMOSTRAS

 

 

CEMM

 

micoteca@cemm-ufc.org
Tel  (85) 3366 8319

© 2013 Centro Especializado em Micologia Médica.

  • UECE.jpg
  • ministério da saúde.jpg
  • brasaoUFC.jpg
  • cnpq.jpg
  • Capes.jpg
  • funcap.jpg

Horário de funcionamento para o público:

Segunda -  Sexta    8:00 - 12:00  e  14:00 - 18:00